GitHub como portfolio para desenvolvedores

Saiba como utilizar o GitHub como solução completa de portfolio e até mesmo currículo para programador.

ilustração do octocat

Se você é desenvolvedor e não trabalha com web design, certamente já se perguntou “Como criar um portfolio se eu só escrevo códigos?”. Afinal, um portfolio é muito mais visual – ou seja, você divulgaria mais o trabalho do designer do que o seu.

Pensando nisso, resolvi escrever esse post para apresentar uma solução: O GitHub.

O que é GitHub?

GitHub é uma plataforma de hospedagem de código fonte com versionamento com Git.

Não entendeu nada?

Bom, de maneira bem básica, podemos comparar o GitHub a um sistema de armazenamento e backup de códigos. Ou seja, em vez de armazenar tudo em seu computador, você pode criar cópias dos projetos na nuvem através do GitHub.

O controle de versão com Git é o grande diferencial, claro. Com ele, toda mudança que você fizer em seus códigos poderão ser salvas e documentadas de maneira individual. Ou seja, se você precisar recuperar alguma alteração feita no passado, terá um backup dela sem precisar ficar criando cópias e mais cópias dos seus arquivos.

Você pode ler aqui uma explicação mais detalhada sobre tudo.

O que é portfolio?

De maneira resumida, portfolio é uma apresentação de trabalhos e serviços realizados.

Há outros significados para portfolio, mas para a área de desenvolvimento web o portfolio é justamente esse conjunto de trabalhos que você realizou. Ou seja, uma coleção de tudo o que você sabe fazer, podendo ser divulgada para clientes em potencial.

Também explicamos aqui, de maneira mais detalhada, o que é portfolio.

Utilizando o GitHub como portfolio

Para um recrutador, o que mais importa na hora de avaliar um desenvolvedor para uma vaga é justamente seu código.

E o que há no GitHub? Códigos!

Você pode disponibilizar em seu perfil alguns trabalhos de maneira pública. Assim, qualquer um que acessar sua página no GitHub poderá ver o código desses trabalhos.

Qual a vantagem disso?

  • Recrutadores: Além daqueles que você conhece quando se candidata para uma vaga de emprego, há alguns recrutadores que navegam em perfis do GitHub em busca de profissionais. Ou seja, mesmo que você não esteja procurando emprego, poderá receber um contato;
  • Comunidade: Ter um código-fonte aberto ajuda a comunidade de desenvolvedores. Ou seja, além de ajudar algum desenvolvedor, você pode ser ajudado também com sugestões de melhorias para o seu código. Dessa forma, você terá aprendizado e networking.

Em meu perfil há alguns projetos públicos. Alguns eu fiz para ter soluções simples, como plugins para WordPress; outros como hobby mesmo.

Por exemplo, há esse app simples para gerar senhas. Ele está hospedado no próprio GitHub, com código fonte aberto. Um plugin para WordPress como o BRB naturalmente já é de código aberto, então também o coloquei no GitHub para facilitar caso algum desenvolvedor tenha sugestões de melhorias para o plugin (algo comum na comunidade do WordPress).

Como você pode ver, é possível tanto mostrar o código do seu trabalho como também o trabalho em si em ação (desde que seja em HTML). Assim as pessoas conseguem visualizar seu código e o resultado final.

Site próprio também é importante

Claro, ter um site próprio como seu portfolio também é importante. O GitHub é ótimo para exibir seus trabalhos… mas e uma página sobre você, com opções de contato e tudo mais?

Felizmente você pode criar e ter seu site hospedado no próprio GitHub, tudo de graça. Claro, o site deve ser estático, mas com um pouco de paciência você consegue até mesmo ter um blog por lá.

GitHub como currículo

printscreen de um currículo feito no GitHub
Pra que gastar papel?

Por fim, unindo portfolio com site, você pode ter um currículo bem dinâmico e conceitual. Há até uma opção pra automatizar a criação do seu currículo.

Como você pode ver, o GitHub pode ser uma solução completa para quem quer divulgar trabalhos e sua experiência em si como desenvolvedor.

E você, tem alguma dica?

Receba posts por e-mail!

Digite seu endereço de e-mail para receber notificações de novas publicações por e-mail.

Deixe seu comentário